Avaliação do Rendimento – Faculdade Paiva Andrade

Avaliação do Rendimento


Avaliação do Rendimento

AVALIAÇÃO DO RENDIMENTO ACADÊMICO 

A avaliação é feita por disciplina, incidindo sobre os critérios de aproveitamento e frequência, ambos eliminatórios por si mesmos.

Os processos avaliativos das atividades acadêmicas deverão abranger o desenvolvimento de competências, habilidades e atitudes, indicadas nos conteúdos dos Planos de Ensino de cada disciplina. O aluno poderá ser aprovado por Média Final ou por Avaliação Final:

Critérios para aprovação por Média Final (MF)

O/A aluno/a deverá obter, no mínimo, 7,0 (sete) pontos na média aritmética (AP1+AP2/2) das avaliações parciais (AP). Ter frequência de, no mínimo, 75% (setenta e cinco por cento).

Critérios para aprovação por Avaliação Final (AF)

O aluno deverá fazer Avaliação Final (AF) se obtiver média das duas APs (Avaliação Parcial) maior ou igual a 4,0 (quatro) pontos e inferior a 7,0 (sete) pontos. Será aprovado na Avaliação Final (AF) o aluno que, na média aritmética (MF+AF/2), atingir na nota igual ou maior a 5,0 (cinco) pontos.

*Caso obtenha média final inferior a 4.0 (3.9 ou menos) ou frequência inferior a 75%, o aluno estará automaticamente reprovado na disciplina, sem direito a participar da Avaliação Final.

Critérios de aprovação por frequência

A apuração da assiduidade será feita pelo professor em sala de aula, com base na frequência às atividades acadêmicas da disciplina, não havendo abono de faltas. Será considerado aprovado por frequência o aluno que comparecer a um mínimo de 75% (setenta e cinco por cento)

das atividades de cada disciplina. A legislação que rege o ensino superior veda a concessão de abono de faltas. Permite, porém, que o aluno utilize o percentual de até 25% (vinte e cinco por cento) da carga horária da disciplina para resolver suas eventuais necessidades de ausências, sem qualquer prejuízo no processo de aprovação na disciplina.

PROVA DE 2ª CHAMADA

O aluno que não comparecer a qualquer uma das Avaliações Parciais (AP), ou às duas, poderá requerer Prova de 2ª Chamada (Prova Substitutiva) para cada AP de disciplina, dentro do prazo estabelecido no Calendário Acadêmico.

Não haverá Prova de 2ª Chamada para Avaliação Final.

Caso volte a ocorrer nova falta, será atribuída automaticamente à avaliação a nota “zero”.

Procedimentos para solicitação de Prova de 2ª Chamada (Prova Substitutiva)

  • Solicitar pelo Portal Acadêmico ou na Central de Atendimento ao Aluno, informando disciplina, turma e professor;
  • Efetuar o pagamento da taxa.

REVISÃO DAS NOTAS

O aluno poderá solicitar à Coordenação do Curso revisão nos casos de equívoco na atribuição de pontos ou evidente erro na apreciação

da prova pelo professor, bem como de registro de frequência, no prazo de 03 (três) dias da sua publicação. Após o devido envio pela Central

de Atendimento ao Aluno, a Coordenação do Curso ouvirá o professor responsável pela atribuição da nota/frequência ou correção da prova no prazo de até 72 (setenta e duas) horas, após o que decidirá, dando resposta ao aluno.

Procedimentos para revisão das notas das avaliações parciais, nota da avaliação final ou de frequência

  • Solicitar na Central de Atendimento ao Aluno, informando disciplina, turma e professor;
  • Efetuar o pagamento da taxa.

REGIME ESPECIAL

Tratamento excepcional, que consiste em regime de exercícios domiciliares, destinados aos alunos que, comprovadamente, se encontrem impossibilitados de frequentar as atividades acadêmicas.

Regime especial é concedido nos seguintes casos

  • Doenças Congênitas;
  • Gravidez e Licença Maternidade, inclusive no caso de mães adotantes;
  • Doenças adquiridas (infectocontagiosas, traumatismos, síndromes hemorrágicas, afecções reumáticas, dentre outras);
  • Convocação e matrícula de aluno militar em órgão de formação de reserva (prestação de serviço militar  obrigatória).

A Coordenação do Curso elaborará, juntamente com os professores, o plano de estudos e levará em conta a sua duração, de forma que não ultrapasse, em cada caso, o máximo admissível de 50%(cinquenta por cento) da carga horária do período letivo para garantir a continuidade do processo pedagógico de aprendizagem neste regime.

Procedimentos para solicitação de Regime Especial

  • Solicitar na Central de Atendimento ao Aluno;

A depender do motivo de solicitação de Regime Especial:

  • Anexar o laudo médico, que deverá conter o CID, o tempo sugerido de afastamento, além da assinatura e CRM do médico.
  • Anexar certidão de nascimento ou termo de guarda e responsabilidade, em caso de adoção, conforme legislação em vigor.
  • Anexar o documento comprobatório da corporação militar, no caso de aluno militar.

*A solicitação para Regime Especial deverá ser solicitada em até 03 (três) dias  letivos, a contar da data em que se configurou a situação de impossibilidade de frequência.

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

As atividades complementares compõem parte da matriz curricular, possibilitando aprendizagem de modo interdisciplinar e flexível.

Objetivam aproveitar conhecimentos adquiridos pelo aluno em atividades diversificadas, como monitoria, atividades de extensão, estágios não obrigatórios, participação em eventos científicos e culturais, programas de iniciação científica, ou ainda, em cursos oferecidos por organizações públicas e/ou privadas.

Estas atividades devem ocorrer, obrigatoriamente, durante o período em que o aluno estiver regularmente matriculado no curso de Graduação.

As cargas horárias de cada atividade complementar estão disponíveis no Regulamento de Atividades Complementares da Faculdade Paiva Andrade.

Comprovação de Atividade Complementar

  • Solicitar na Central de Atendimento ao Aluno;
  • Anexar documentos que comprovem a participação da atividade complementar.

*As atividades complementares realizadas nas dependências da FPA serão comprovadas pela Coordenação de Curso, mediante assinatura do aluno na lista de frequência do evento.

A IMPORTÂNCIA DO ENADE

O Exame Nacional de Desempenho do Estudante (ENADE), organizado pelo Ministério de Educação, tem o objetivo avaliar a qualidade dos cursos de formação superior. O ENADE é realizado trienalmente para cada área de conhecimento e avalia o rendimento dos alunos dos cursos de graduação, ingressantes e concluintes, em relação aos conteúdos programáticos dos cursos em que estão matriculados. É obrigatório aos estudantes que forem selecionados, sendo indispensável a sua realização para garantia da emissão
do histórico escolar. As inscrições para o estudante habilitado em realizar o exame são de responsabilidade da faculdade.

*O estudante inscrito que não comparecer à prova do ENADE deverá encaminhar ao MEC/INEP a solicitação de dispensa e justificativa da ausência, para análise e julgamento. Caso a solicitação de dispensa não seja realizada pelo aluno ou indeferida pelo MEC, cabe ao aluno regularizar sua situaçãona edição seguinte do ENADE.

COLAÇÃO DE GRAU

A Colação de Grau confere o grau acadêmico de bacharel, tecnólogo ou licenciado aos alunos que concluíram com aprovação todas as disciplinas e atividades do seu curso. A colação é presidida pelo Diretor da FPA e é realizada em sessão solene e pública em dia e horário previamente fixados.

COLAÇÃO DE GRAU ESPECIAL

A Colação de Grau Especial destina-se ao graduando que necessite colar grau em data diferente daquela definida para a cerimônia da turma. Nesses casos, o aluno deverá solicitar Colação de Grau Especial diretamente à Secretaria Acadêmica, até vinte (20) dias úteis antes da cerimônia oficial.

Em se tratando de solicitação em data anterior à definida para a cerimônia de colação de grau da turma, a mesma deverá ser submetida à análise e autorização da Coordenação de Curso, que aprovará nos seguintes casos:

  1. Posse decorrente de nomeação em cargo público;
  2. Celebração de contrato de trabalho com pessoa jurídica de direito público ou privado;
  3. Doença do interessado ou de cônjuge ou companheiro, ascendente, descendente ou irmão;
  4. Matrícula em curso de pós-graduação;
  5. Mudança de município/estado/país;
  6. Registro em Conselho Profissional ou de Classe.